domingo, 29 de março de 2009

À MEMÓRIA DA VIRTUOSA IRMÃ MARGARIDA BAZET

Seus lábios não provaram neste mundo
A taça do prazer que nos seduz,
Desprezou a grandeza... uniu-se à Cruz,
Aos que sofrem votou amor profundo.

Guiou-me a infância, terna e desvelada
No caminho do bem, tinha carinhos
Para os prantos das tristes orfãzinhas,
Era tão boa, meiga e dedicada!

Descansa em paz, Oh! doce criatura,
O mundo não podia a formosura
De tua alma de santa compreender;

Ele que é não, inconseqüente e rude
Eleva o vício e abate a sã virtude!
Só entre os anjos poderás viver....

Francisca Clotilde, O Libertador, 06 /05/1887.

Um comentário:

Anamélia disse...

IRMÃ MARGARIDA BAZET era Diretora do Colégio Imaculada Conceição, em Fortaleza, na penúltima década do Século XIX - quando veio a falecer e teve, como vemos no soneto, forte influência na educação de Francisca Clotilde.
A gratidão é um dos mais bonitos sentimentos do ser humano. Temos aqui mais uma lição de vida de nossa Poeta/Pedagoga F.Clotilde.